Normas


OS DEZ MANDAMENTOS DA CAMPANHA DO QUILO.

Perdoar, a todo o momento, qualquer ofensa;
Tolerar, cheio de boa vontade, qualquer fraqueza do próximo;
Não procurar enxergar o defeito de ninguém;
Elevar, no mesmo instante, o pensamento a Deus por quem o ofender;
Não se magoar quando receber qualquer ofensa;
Não comentar o mal feito de quem quer que seja;
Falar sempre no bem, no Evangelho e na moral do Cristo;
Não aceitar o "disse-que-disse", venha donde vier, para ter garantida a paz entre os irmãos;
Ter muita paciência, em qualquer experimentação;
Não falar, nem gesticular exaltado, agressivo, com ninguém, para não perder a boa assistência dos guias espirituais.


DEVERES DO LEGIONÁRIO

Com parecer pontualmente ao trabalho da Campanha;
Ser assíduo e dedicado;
Não fumar, não comer, não beber (exceto água) durante a Campanha;
Ser vigilante e firmar o pensamento em Nosso Senhor Jesus Cristo;
Evitar qualquer conversa com o companheiro de tarefa, salvo quando se tratar de assuntos referentes a Campanha;
Não travar discussão com quem quer que seja; chegando à porta da casa:
- ao bater palmes, deve fazê-lo moderadamente, para não assustar quem esteja lendo ou distraído;
- ao ser recebido, falar em tom moderado, com clareza, sem afetação, olhando a pessoa a quem se dirige, deixando aparecer um leve sorriso, dizer: "Bom dia, somos da Campanha do Quilo, em nome de Jesus, estamos pedindo um auxílio para o ... (citar o nome da entidade beneficiada);
- atendido ou não, sem mudar o semblante, desejar a paz do Senhor, lembrando que no próximo mês voltará; se estiver distribuindo mensagens, deve oferecê-las, mas sem insistir;
- deve apresentar o "cartão" de identificação, quando solicitado, agradecendo a exigência pois pode ser uma prova de zelo da parte do interlocutor; aproveitar esta oportunidade para mostrar o verso do referido cartão, onde se acham relacionados os nomes e endereços dos Abrigos de Idosos e Abrigos de Crianças, mantidos pela Campanha do Quilo.
Quando for interrogado sobre qualquer assunto referente a Campanha do Quilo e o desconheça, chamar o Dirigente do Grupo para os esclarecimentos necessários;
Quando for coagido ou oprimido por alguém, procurar manter-se calmo, retirando-se serenamente em oração, pelo pensamento, a Nosso Senhor Jesus Cristo;
Sempre que encontrar pessoas doentes (acamadas) procurar tomar nota do nome e endereço, para fazer preces por elas;
Quando encontrar pessoas em miseráveis condições – doentes, famintas, necessitadas de assistência, o legionário deverá fazer o seguinte: socorrer com os seus próprios recursos, na medida do possível, tomar nota do nome e endereço e levar ao conhecimento da direção da Escola Central, através do dirigente do seu grupo, ouvida antes a Escola Regional do seu bairro;
Quando um legionário observar alguma falta no seu companheiro de tarefa, deve procurar esclarecê-lo amorosamente, se ele recusar o esclarecimento, levar o fato ao conhecimento do Dirigente de Grupo; se porventura o Legionário em falta ainda não aceitar ou atender, o Dirigente por sua vez levará o caso à diretoria da Escola Central para devida solução;
Nenhum Legionário poderá tirar dinheiro da mochila nem gênero do saco para socorrer a pessoas necessitadas, pois os donativos recolhidos pertencem aso abrigos ou orfanatos mantidos pela Campanha;
O Legionário deverá trazer sempre a mochila na mão e o saco no ombro;
Evitar palestra com amigos, conhecidos, fora das normas da Campanha, limitando-se a dar explicações rápidas; deve chamar o Dirigente, se for necessário;
Toda vez que o Legionário regressar da Campanha, chegando à sede da Instituição patrocinadora, colocará o saco com gêneros alimentícios numa extremidade da mesa e as mochilas na outra, a fim de serem contados, pelo número de Legionários do grupo, e em seguida contado o dinheiro de todas as mochilas, formando um só total, que constará declarado no talão da Campanha e logo em seguida, juntamente com os gêneros arrecadados, será enviado ao abrigo ou orfanato para o qual foi realizada a campanha;
Depois de todas as providências tomadas, gêneros e dinheiro, material recolhido, cartão de identificação devolvido, será feira a prece de agradecimento ao Altíssimo e aos Espíritos Mentores da Campanha que ajudarem nos trabalhos; aí então, o Dirigente de Grupos dará como finalizada a Campanha;
Todo legionário assíduo, que realizar a Campanha por um ano e continuar, será considerado sócio efetivo, com direito a votar e ser votado para os cargos da diretoria da Escola Central e demais órgãos a ela subordinados;
O legionário que tiver de se afastar dos trabalho da Campanha, deverá enviar por escrito os motivos do afastamento, a fim de conservar o direito de sócio efetivo, encaminhando o seu requerimento à Escola Regional a que estiver ligado.


BENEFÍCIOS QUE A CAMPANHA OFERECE

Alijar das nossas almas o orgulho, a vaidade e o egoísmo;
Obedecer ao "Ide e pregai o Evangelho" a todas as criaturas;
Praticar a justiça ensinada pelo Divino Mestre, expressa nestes termos: "faze aos outros o que desejas que te faça";
Cultivar a humildade, a modéstia e a fraternidade;
Desenvolver a renúncia ao personalismo endurecido;
Treinar a mansidão ensinada pelo nosso Divino Mestre;
Desabrochar a piedade amorosa, sem a qual não seremos Cristãos;
Intensificar em nosso espírito e nos da coletividade o ambiente pacífico, com os testemunhos do bem;
Educar a nós mesmos e à humanidade na prática sincera do perdão, sem o qual estaremos sempre afastados de Deus;
Incentivar o povo para a prática do bem desinteressado.

RESGATES DAS NOSSAS DÍVIDAS

Resgates das nossas faltas do presente e do passado;
Combate a nossa vaidade e ao nosso orgulho;
Purificação das nossas almas;
Acendimento da luz interior;
Paz equilibrada, gozo permanente;
Reconciliação com o inimigo do passado e do presente;
Dar oportunidade aos outros para resgatarem as suas faltas;
Desobsessão individual e coletiva;
Educação das nossas almas e de toda coletividade pela prática do bem;
Conquista de amigos para as fileiras do bem e do amor ao próximo;
Manutenção equilibrada dos abrigos e orfanatos, com arrecadação em dinheiro e gêneros alimentícios, realizada nas bases da cultura do amor fraterno.

4 comentários:

  1. Parabéns pelo blog. Mais um espaço na grande rede para que se divulgue este maravilhoso trabalho que é o da CAMPANGHA DO QUILO!!!!
    Atc. André Honorato.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns à "Fraternidade" pela criação do blog - uma valiosa contribuição para a divulgação da querida e abençoada tarefa da Campanha do Quilo.

    Um abraço fraterno a todos que fazem a F.E.C.Q.-PE e a todos os Legionários do Quilo.
    Valter Oliveira

    ResponderExcluir
  3. campanha do quilo um nobre gesto de amor e carinho aos nossos irmão mais necessitados e que ao finalizar esta ação nos deixa leve como uma pluma parabéns a todos

    ResponderExcluir
  4. Que o Mestre e Amigo Jesus continue a nos amparar atraves dos mensageiros de Luz que nos auxiliam sempre neste trabalho tão importante.

    ResponderExcluir